14/12/2017

Back to Basics!

Não, não vou voltar a publicar fotos da nossa escapadela. 

Não fui ofendida como referi em tom jocoso mas custaram-me uma série de seguidores que desistiram de andar por aqui, talvez achassem que a publicação das fotos das nossas merecidas férias a dois seriam de alguma forma petulantes ou ofensivas, quando não era de todo a minha intenção.

Ter um blog é partilhar o melhor e o pior, não se deixem enganar, por trás daquelas fotos foram vividos alguns momentos de tensão motivados por um problema de saúde do A. que fez um esforço gigante para que o seu estado de saúde afectasse o menos possível a nossa viagem e tentamos aproveitar o máximo possível aqueles dias bons.

Estou de volta carregada de saudades para matar. 

Gosto de ir mas gosto ainda mais de voltar. 

Gosto da sensação de chegar à minha casa, às minhas coisas, aos meus lugares, às minhas pessoas e às minhas rotinas.

Uma vida cheia de rotinas não significa uma vida chata e monótona, ter uma rotina não significa ser rígida com os horários nem transformar a nossa casa num quartel general, mas ter acções previsíveis para o que é realmente rotineiro, é pisar terreno firme, saber ao que vou, saber o que me espera sem deslizes nem partidas desagradáveis, um porto seguro.

Gosto de acordar e entrar naquele a que chamo caos matinal mesmo que todos os dias me queixe, não fizesse o queixume de Mãe também faz parte da rotina,

Gosto da  simplicidade do dia, da correria e da azafama, de ir para o mesmo trabalho, ver e cumprimentar as mesmas pessoas,

Gosto de saber que todos os dias, no mesmo horário, receberei três beijos e três abraços das mesmas pessoas, 

Gosto de ter para onde voltar todos os dias, gosto de saber que estão lá, à minha espera.

Rotina não é fazer o de sempre, mas sim fazer como sempre.

O que muitos chamam de rotina eu chamo de oportunidade.

O tempo passa, as rotinas entrelaçam-se, os horários combinam e a vida torna-se mais estável e segura.

Achava que ia ter toda esta tão nossa rotina à nossa espera. 

Mas desta vez as rotinas desentrelaçaram-se, os horários não combinam e teremos dias longos pela frente até que tudo volte à nossa rotina. 

Vou estar mais ausente durante uns dias, o A. precisa de mim e eu preciso de estar focada a 100% na minha família por estes dias. 

E nunca, mas nunca, praguejem contra a rotina, pelo contrário, devemos comemorar quando tudo está normal.

Até já 

♥️♥️♥️♥️ 

Sem comentários:

Publicar um comentário