30/09/2015

Dos Amigos...


Há uma verdade absoluta quando vos digo que os amigos não são todos iguais e somos nós que temos a possibilidade de os escolher.

No entanto, há uma magia qualquer que faz com que nos aproximemos mais de umas pessoas do que de outras. 

Fascina-me este lado inexplicável e incompreensível das amizades, de as tornar sólidas, especiais e impares.

Primeiro a empatia, depois a cumplicidade e por fim a afinidade, um simples gesto, uma troca de olhares, os gostos comuns, as semelhanças, as diferenças, as emoções e sentimentos que nascem não se sabe onde nem como, os amigos, os tais amigos que nos confortam com um simples sorriso ou um abraço, que transformam cada encontro num bom momento, amigos que fazem esquecer silêncios e qualquer distância.


A magia da amizade que por vezes surge por um mero acaso, e que lentamente vai fortalecendo entre o que contamos e o que calamos, intimidades partilhadas, alma e coração cheios, alegria por estar juntos, e simplesmente, ficar feliz por isso.


Se tu vens às quatro da tarde desde as três eu começarei a ser feliz.


Vivo com a missão de vos tornar amigos assim, amigos para a vida.


Mãe


❤❤❤❤

Sem comentários:

Publicar um comentário