05/03/2016

Escolhas...

Esta semana Baby M. recebeu pela primeira vez um convite para a festa de aniversário de uma amiguinha da sala dela.

Já me tinham dito que a partir de uma certa idade começamos a andar a toque de caixa da "vida social" dos nossos filhos, mas confesso que me lembro do quanto gostava das festinhas de aniversário dos amigos da escola  e por essa razão estava curiosa para também ela começar a ir a estas festinhas inesquecíveis que fazem parte da infância.

Hoje em conversa com uma outra Mãe que me questionava se a Madalena ia à festa da C., porque não tinha ido às duas festas anteriores, percebo que: Festas anteriores?? Hum... pois este foi o primeiro convite que a M. recebeu! 

Confesso que fiquei triste, talvez por a M. ser a mais pequenina seja vista com outros olhos, afinal de contas todos os meninos estão a caminho dos 4 anos quando ela praticamente acabou de fazer 3 anos, ainda assim este é um tipo de triagem difícil, e não querendo exagerar já exagerando, é uma triagem feia. Feio isto convidar uns meninos e não convidar outros!

Bem sei que por vezes é dificil, e até impossivel, convidar todos os meninos, e somos nós pais que os obrigamos a ter que fazer essa escolha, uma simples triagem que pode magoar quem ainda não tem capacidade para gerir emoções e frustrações.

Hoje escreve uma Mãe triste e com pouco estofo para estas situações, é verdade que ela ainda não percebe, mas e quando perceber? e quando me perguntar porque não foi convidada? E quando um dia tiver que ser eu a dizer-lhe que tem que escolher? 
 
Sei que os meus filhos não vão ser convidados para todas as festas, que eles se vão apaixonar por pessoas que não se vão apaixonar por eles, que se vão desiludir com amigos... tantas decepções e frustrações pelo caminho, tanta coisa que não vou conseguir controlar. 

Bem sei que os tenho que criar para o mundo, mas quando o mundo os magoa a minha vontade é de os por debaixo das asas, protege-los e tomar uma atitude por eles. 
 
Filhos sofrem, Mãe sofre, mas é preciso manter o foco, a atenção e ter calma, muita calma para todos os detalhes que não estão previstos no sonho da maternidade.

Amanhã já me passa...

❤❤❤❤

Sem comentários:

Publicar um comentário