03/01/2017

Não vou fazer resoluções...

o dia-a-dia de correria...

o tempo que passa sempre demasiado rápido...

Depois, seguem-se e somam-se os dias, os meses, os anos, uns atrás dos outros e tantas vezes limitamos a nossa existência ao: “esperar”, "adiar", "deixar andar"...

Esperamos por dias melhores, pessoas melhores, vidas melhores ou apenas que qualquer coisa acabe para que depois seja melhor e se consiga.

Adiamos coisas que queríamos fazer porque "agora não é o momento certo" e quem sabe mais tarde, o tal momento certo chegue e ainda bem que se adiou.

Deixamos andar porque agora não conseguimos, não é o tempo de e para, afinal temos medos, receios, não arriscamos, sempre isto do "não é o momento", talvez daqui a um tempo, porque ai sim, vai ser melhor.

Não faço resoluções porque não quero viver com o peso da promessa incumprida, com o sentimento de objectivo falhado e prefiro sim "esperar", "adiar", "deixar andar" mas sempre com a esperança de que tudo vai ser melhor!

❤️❤️❤️❤️

Sem comentários:

Publicar um comentário