13/07/2017

O V. foi operado #3


PÓS OPERATÓRIO:

"...voltou a acordar, como adormeceu, calmo e tranquilo."

Foi assim que acabou o post anterior desta sequência da operação do V. 

Mesmo tento acordado calmo e tranquilo, voltar para casa, trazia comigo alguma ansiedade e receio, em particular na possibilidade de poder ter dores e de como seria a sua alimentação. 

Antes da operação pesquisei, e coloquei até num grupo de Mães do FB, a questão da alimentação para este caso concreto, que passou essencialmente pelos seguintes conselhos: 

- Gelados
- Iogurtes, 
- Gelatinas, 
- Creme de legumes quase frio, 
- Sumos e batidos de fruta, 
- Salada russa 
- Pures de frutas, 
- Sopas frias (vichyssoise, sopa de beterraba, gaspacho) 
- Purés de legumes,
- Ovos, 
- Açorda, 
- Empadão, 
- Salsichas (para quem dá), 
- Miolo de pão
- Papas
- Maçã assada ou cozida,
- Peixe cozido com batata desfeito com o garfo, com azeite
- Aletria
- Mousses 
- Pudins 
- Carne picada com puré
- Canja de galinha carne pequena e massa bolinhas pequenas

Ele tinha muita fome e pedia comida, mas os três primeiros dias passaram essencialmente por Cerelac fria que ele adorava, gelados, iogurtes e sopa fria (sorte a minha que ele comia). 

Ele insistia na comida, e ao quarto dia ofereci peixe cozido com batata e ovo desfeito, no dia seguida carne picada e puré e fomos aumentando sucessivamente a consistência e temperatura dos alimentos dia após dia. 

Posso dizer que foi tudo muito mais simples e fácil do que pensava e que tive a sorte dele entender bem todo o processo e cooperar, à excepção da toma do antibiótico que tinha um sabor terrível e que ele cooperava a muito custo e com algumas lágrimas.

Mas, tudo fácil à excepção dos três primeiros dias [que me recordaram o que era ter um recém nascido em casa] em que fiz questão de lhe fazer uma medicação apertada de 4H em 4H para nunca mas nunca ter dores. 

Dores 0 - Sono 10

Faz hoje precisamente um mês que o V. foi operado e posso dizer que estou ZERO arrependida e que estou mesmo, mesmo, mas mesmo, convencida que foi a nossa melhor opção, sendo já notória a recuperação de alguma qualidade de vida, nomeadamente, ao nível do sono e da respiração. 

Mães que tal como eu estão na fase de ponderação, não pensem duas vezes.

Deixo ainda duas dicas no que respeita à alimentação que me deram no grupo das Mães no FB :-) 

"Da-lhe mimo... Beijos até mais não e abraços demorados!"

"Eu quero esta receita no teu blogue! É infalível. Estás preparada? 
Beijinhos mil, abraços e mais abraços, mimo com fartura. 
Mexes tudo e dá a melhor receita que conheço. Amor! 
O V. Vai recuperar e vai correr tudo bem! "

E correu, tão bem! 

♥️♥️♥️♥️

Sem comentários:

Publicar um comentário