25/10/2017

Da importância de ser activo na gravidez...

Durante a gravidez da Madalena, tentei manter-me activa fisicamente, lembro-me que depois de almoço caminhava sempre e fiz alguma ginástica pré parto, por volta das 29 semanas apanhei um susto valente e tive que moderar toda a minha actividade física e dexei por completo as caminhadas e a ginástica. 

Durante a gravidez do Vicente, estive a gravidez toda confinada a uma cama onde me foi vedado qualquer tipo de actividade física o que incluía uma simples ida à casa de banho.  

O facto de não ter tido uma gravidez saudável trouxe-me, além de uma tristeza enorme, problemas físicos que demorei a recuperar.

Confesso que sou daquelas mulheres que quando vejo uma grávida activa e saudável que fico com uma pontinha de ciumeira, e vem sempre ao de cimo aquela mágoa e só me apetece gritar: Aproveita tudo o que podes e consegues!

Sou da opinião que todas as gravidas deveriam praticar exercício físico durante a gestação e que devia até ser incluindo no Boletim da Grávida um pequeno plano de treino adequado a cada fase de gestação.  

Regra geral, a gravidez é um momento de muitas ansiedades, por isso é importante praticar um exercício que ajude a relaxar e aliviar as tensões, além do mais o exercício físico durante a gravidez traz os benefícios que todas nós já conhecemos, tais como: controlo de peso, postura, respiração, fortalecimento pélvico, melhora de dores na região lombar, diminuição dos edemas, flexibilidade, equilíbrio, relaxamento, força, uma melhor recuperação física depois do bebé nascer, e, para mim o mais importante, bem estar psicológico que se traduz em tranquilidade e serenidade. 

Foi a Mafalda do blog Pretty Fit que me desafiou a escrever sobre: A importância de ser activo na gravidez! 

Ao inicio achei meio caricato, e questionei, Porque eu?!, achando que não deveria ser a pessoa mais indicada para escrever sobre o assunto. 

A Mafalda discordava dizendo que eu seria a pessoa exacta para falar sobre o assunto, porque o facto de não ter praticado exercício físico, em particular, durante a gravidez do Vicente, fez com que eu não gozasse de qualquer beneficio físico acima referido, o peso desceu, perdi toda a massa muscular, tinha uma postura péssima, sofri de dores lombares, não tinha força e a recuperação pós parto foi fisicamente mais difícil e trabalhosa e que por esta razão, eu conseguiria "encorajar" todas as mulheres fisicamente capazes a dedicarem parte do seu tempo durante a gravidez ao exercício físico, para fortalecimento da sua condição durante e depois da gravidez. 

Esta é a Mafalda, grávida da sua terceira e quarta filha, sim gémeas :-) E estas são aquelas fotografias que acusam em mim a tal pontinha de ciumeira, a ela não preciso de gritar para aproveitar, tenho antes de lhe gritar que tem que acalmar o bichinho do exercício físico que nasceu com ela. 





Grávidas deste blog a Mafalda poderá ser uma boa inspiração, ajuda e ela sim capaz de encorajar qualquer grávida.

E não se esqueçam: Aproveitem tudo o que podem e conseguem!

♥️♥️♥️♥️

Sem comentários:

Publicar um comentário