24/03/2017

11 anos de Nós ♥️



Foi (ontem) há 11 anos atrás que alguém tirou esta fotografia e embora pareça revelar alguma coisa, na realidade ela não revela absolutamente nada, porque aquilo que aqui parece supostamente óbvio na realidade e na altura não o era. 

Não era óbvio que eu viria a casar contigo e muito menos óbvio que virias a ser o Pai dos meus filhos.

De "mundos" e com uma forma de estar na vida diferentes, ficarmos juntos era altamente improvável.

Brincava no outro dia a minha querida C. C. a propósito de uma crónica sobre a Amadora e das pessoas que ali moram que a nossa história dava toda uma crónica, toda uma short story que ela própria contruiu:

"Ela frequentava as pastelarias da Avª da igreja, ele bebia bejecas na praça da igreja; ela ia comprar vegetais ao mercado 31 de Janeiro, ele ia comprar substâncias ilícitas ao 6 de Maio (Atenção isto é humor, HUMOR); ela comprava na Guerra Junqueiro, ele comprava nos Guerreiros (private para quem é da Amadora), ainda assim foram felizes para sempre!"

E até somos, à nossa maneira, se calhar há dias em que me apetecia começar a receber a pensão de viuvez uns 50 anos mais cedo, assim como há dias que se me aparece o Clooney, o Beckham, o Pitt ou o Ronaldo te enganava, mas também há outros em que claramente assumo que a minha vida sem ti não fazia sentido.

♥️♥️♥️♥️

Sem comentários:

Publicar um comentário