01/12/2014

Parabéns A.!

Ontem o A. fez anos...

Perguntei-lhe se se imaginava a chegar aos 35 anos com uma família de 4, não me respondeu, olhou para mim e sorriu enquanto me passava a mão pelo cabelo.

Parabéns ao Pai que vos arranjei, a este a quem por vezes chamo desajeitado, desastrado, preguiçoso, dorminhoco...

Desajeitado e desastrado na muda das fraldas, em vestir ou em dar a sopa, preguiçoso por eu querer que ele faça mais, que ajude mais, que faça o que eu faço e como eu faço, por não fazer o que eu gostava que fizesse (talvez eu seja demasiado exigente ou demasiado perfecionista), dorminhoco quando não se levanta quando eles choram de noite...ninguém é perfeito! 

Mas há uma coisa em que ele é perfeito, é perfeito na forma como nos ama, ama-nos com jeito, sem preguiça e de uma forma desperta, ama-nos com todos os seus 5 sentidos, és perfeito na arte de amar. 

Foi um dia simples mas feliz. 

Parabéns meu querido A, parabéns nossos, dos teus 3. 






Sem comentários:

Publicar um comentário