25/02/2015

Para lerem quando crescerem* #5

Meus amores,

Lembrei-me que há já algum tempo não vos escrevo quando me perguntaram o que era o "Para lerem quando crescerem" neste nosso blogue, expliquei que são como cartas que vós escrevo, cartas estas que nem sempre são fáceis de escrever, são com toda a certeza os textos onde tenho mais dificuldade com as palavras desajeitadas que escrevo, palavras que apago, palavras que rasuro e que volto a escreve vezes sem conta.

Como vos definir? O que vos dizer? O que representam para mim? 

Não há palavras suficientes para conseguir responder...

Gostava de vos conseguir definir, sou suspeita, tão suspeita, é-me difícil definir os meus próprios filhos, seres únicos que me marcam pela personalidade que me fascina, que me prende. Tenho a sorte de distribuírem alegria e simpatia por onde passam, têm um sorriso que me encanta, sem falar nas gargalhadas contagiantes, que poder esse o vosso de me cativar e apaixonar dia após dia.

A vossa chegada revolucionou a minha vida, a minha maneira de ser, de estar e enxergar a vida, são como uma bússola que me guia, como uma luz quando os dias teimam em ser escuros, tudo tem outro sabor, outra magia, são vocês que me movem, vocês o melhor da minha vida.

Diz-me a vossa Tia S.L., que com a vossa chegada adquiri uma nova licenciatura, licenciatura que não pediu anos de estudo, não pediu tempo, disciplina, persistência ou esforço, licenciei-me sem precisar de estudar, sem ler qualquer manual, sem precisar de pratica ou estágio, sem precisar de nada minimamente racional, licenciei-me automaticamente assim que te vi Baby M., no minuto em que te peguei ao colo pela primeira vez, o poder do encaixe perfeito e a maneira ideal de te pegar pareciam uma capacidade inata...

mas esta é uma licenciatura sem fim, a licenciatura Mãe que nunca acaba, vocês ainda têm tanto para me ensinar, sim, os filhos também ensinam as Mães.

Estarei sempre ao vosso lado, ainda que algumas vezes possa parecer o contrário, a maioria dos vossos problemas, não vou resolver, por mais que eu saiba como os resolver, faz parte do meu papel de mãe ensinar-vos a enfrentar sozinhos, mas estarei aqui pra vos ajudar a resolver, seja com ensinamentos, palavras, um ombro amigo ou simplesmente vos ouvindo.

A vida oferece-nos oportunidades únicas, a melhor de todas, a oportunidade de ser vossa mãe!

Com muito amor, 

Mãe 

♡♡♡♡

*para quando souberem ler

Sem comentários:

Publicar um comentário