04/02/2015

Desabafo...

Com os meus filhos doentes adoeceu também o meu coração de Mãe, adoeceu de preocupação, de ansiedade, de angustia, de medo, de duvidas…

Foram dias difíceis, até que chegasse um diagnóstico conclusivo, até ouvir: Não tem com que se preocupar! 

Ver baby M. numa cama de hospital foi por certo o mais difícil desde que desempenho o papel de Mãe, a dificuldade aumentou quando baby V. também ficou doente e precisava de mim e eu tive que escolher ficar com quem precisava mais de mim, coração de Mãe não se divide, nestes dias o choro foi engolido, assumi que a Mãe não chora nestas alturas, tinha que ter um sorriso sempre pronto para ela nem que fosse fingido, precisava de estar inteira, precisava de estar com a cabeça no lugar embora tudo o resto fora do sitio!

Hoje voltei a respirar,

Os olhos acordaram secos,

O nó da garganta desatou,

Os braços já não estão adormecidos do colo que me foi exigido,

O estômago remexido acalmou,

As pernas bambas de medo voltaram a dar passos firmes.

O coração, também está curado, curou com sorrisos, birras, abraços, choros de mau feitio, curou quando tive os dois ao meu colo envoltos num abraço. 

4 comentários:

  1. Mas agora já está tudo no lugar e devidamente recomposto.
    Continuação de uma boa recuperação e sorriso na cara.
    Beijinho
    Didi

    ResponderEliminar
  2. Bom dia,

    Bem sei quanto custa vê-los no hospital, o meu filho ficou uma semana internado e é muito difícil... ficamos sem chão mas temos de arranjar forças para não lhes passarmos os medos e preocupações!


    Beijinhos

    ResponderEliminar