22/10/2014

Esclarecimento :-)

Há uns dias publiquei um post no blogue que gerou alguma preocupação junto de algumas amigas, uma enviou-me mensagem no FB com leituras assertivas "Os pais podem e devem errar", outra email a dizer que era uma fase que eu só estava cansada e que ia passar, outra sms a perguntar se eu estava bem e até um telefonema em que ouvi com todas as palavras “não gostei nada daquilo”.

Minhas queridas amigas atentas e preocupadas, calma, eu estou bem, vocês que me conhecem sabem bem que não sou pessoa de depressões, se não a tive na gravidez do V. nunca mais na vida vou ter, acho que sou uma pessoa bem disposta por natureza, com pés na terra, consciente e bem resolvida embora também tenha os meus dias, e esse post não foi nada mais nada menos do que uma sátira ou um desabafo se assim preferirem chamar, eu não vivo com um sentimento de culpa constante mas sim pontual, qual de vocês nunca sentiu culpa relativamente a alguma coisa que tenha feito ou não, dito ou não aos filhos? Confessem, disse alguma mentira?

Bem sei que não há mulheres nem mães perfeitas, bem sei que estou autorizada a errar.

Um bj especial R.P.A., S.V., J.B., D.L e I.B.T.

Sem comentários:

Publicar um comentário